O guia completodo

Home Office: o guia completo para quem quer trabalhar em casa

De 20% a 40% acima da média, esses são os números em produtividade dos profissionais que trabalham home office. Trabalhar em casa é prática que tem cada dia mais adeptos. Gigantes da tecnologia como a IBM permitem que seus funcionários morem onde quiserem e eles estão espalhados por todo o mundo trabalhando direto de suas casas, de maneira remota porém conectada.

Mas, quais as vantagens de trabalhar em casa? A empresa não se prejudica? Como ter disciplina para aderir à prática? Onde encontrar um trabalho assim? Continue lendo e descubra!

Vantagens para o funcionário

Dentre as principais vantagens que o funcionário encontra na prática estão:

1. Proximidade da família: a correria do dia a dia tem distanciado as famílias e, trabalhar de casa pode ser uma solução.

2. Menos estresse: trânsito, ônibus, metrô lotado… Se depender desses fatores o profissional que faz home office já pode se considerar muito mais relaxado.

3. Alimentação mais saudável: o tempo que seria gasto no trajeto para o trabalho pode ser usado na preparação de refeições mais saudáveis e fresquinhas.

4. Tempo para se exercitar: com uma agenda mais flexível fica mais fácil aderir aos exercícios físicos diários resultando em mais saúde e disposição.

No âmbito profissional:

1. Definição do horário de trabalho: algumas pessoas “funcionam” melhor durante a manhã e tarde, outras tarde e noite, outras ainda, de madrugada. O home office permite tal flexibilidade desde que bem planejada, obviamente.

2. Maior controle de atividades e autonomia: com disciplina, o profissional tem maior controle sobre si e suas atividades diárias.

3. Privacidade: se bem estruturado, o home office pode trazer maior privacidade e comodidade.

Vantagens para a empresa

1. Economia em contratações e estrutura: tendo a opção de contratar profissionais independentes, a empresa tem menos gastos vindos da contratação em carteira e também menores despesas como aluguel, água, luz e etc.

2. Atendimento ao cliente fora do horário comercial: tendo colaboradores que se desenvolvem melhor em diferentes horários do dia a empresa pode dispor de atendimento 24hs para os clientes sem sobrecarregar ninguém.

3. Vantagens fiscais: para microempresas existe até a isenção de IR.

É preciso disciplina!

Obviamente, nenhuma das vantagens citadas se concretizam de maneira desordenada. É preciso disciplina, dedicação e muito empenho para evitar problemas como falta de foco, excesso de carga de trabalho, indefinição de horário de trabalho, isolamento social e assim por diante.

Para que o home office não se torne um problema é necessário que todos na casa estejam cientes e colaborem para que não haja invasão de privacidade e, para que também não percam a liberdade que teriam caso o profissional trabalhasse fora.

57721 Bitte verwenden Sie das Motiv nur mit Quellenangabe Foto: djd/Deutsche Vermoegensberatung/thx. Verstoesse gegen das Urheberrecht muessen wir juristisch verfolgen. Bilder duerfen nur mit vollstaendiger Quellenangabe und im Zusammenhang mit dem jeweiligen Text genutzt werden. Wer Urheberrechte verletzt, muss mit erheblichen zivil- und strafrechtlichen Konsequenzen rechnen. Bitte immer bei Verwendung Abdruckbeleg/Veroeffentlichungshinweis an: djd, Bahnhofstr. 44, 97234 Reichenberg oder an info@djd.de

5 dicas para iniciar as atividades home office

1. Vista-se como se estivesse trabalhando fora: sim, parece besteira, mas faz toda diferença. Dificilmente, ficar de pijama o dia todo te dará a sensação de responsabilidade, isso porque o seu cérebro já caracterizou tal vestimenta como aquela usada para momento de lazer, ou seja, dormir. Então, tome um banho e vista-se adequadamente.

2. Respeite o relógio: não pense que, porque está em casa está disponível para qualquer atividade na hora em que devia estar trabalhando. Não caia em tentação e, comprometa-se!

3. Tenha um local de trabalho organizado: reserve um local na casa que, de preferência não seja seu quarto. Assim como trabalhar de pijama, ficar o dia (ou noite) todo no quarto não desperta a sensação de trabalho, mas de lazer. Portanto, arrume um local específico para deixar seus dispositivos, agendas, anotações e cia. de maneira organizada e fluida pronta para o trabalho.

4. Não acumule atividades: se trabalhar em casa te dá a sensação de relaxamento ao ponto de levá-lo à procrastinação, o home office não é pra você! Fazer home office não é sinônimo de deixar atividades pra depois só porque não existe a supervisão ao vivo.

5. Seja sincero: tentou fazer home office e não se deu bem? Volte imediatamente para a empresa. Não comprometa sua imagem como profissional por uma tentativa que não deu certo. Nem todo mundo consegue ter foco e disciplina direcionados para esse tipo de situação. Esteja onde sua maneira de trabalhar lhe traga melhores frutos como boas condições de trabalho, entusiasmo, bons rendimentos…

10 sites para encontrar trabalho home office

WFH.io: Como o nome sugere (Work From Home) o site é específico para profissionais em tecnologia que desejam trabalhar remotamente. A ferramenta é gratuita!

Flex Jobs: Especialista em ofertas de trabalho de meio período e freelancer, o Flex Jobs é um dos mais famosos da lista. Com oportunidades “filtradas” por categoria e legitimidade o site oferece planos que variam entre US$ 14,95/mês e US$ 49,95/ano.

Virtual Vocations: De desenvolvimento de software a jardinagem, o Virtual Vocations dispõe de uma infinidade de oportunidades com trabalho de curadoria para avaliar a legitimidade de cada vaga proposta. É possível receber oportunidades semanais e os valores vão de US$ 6,99 a US$ 59,90 por seis meses.

We Work Remotely: Seja no Twitter ou diretamente no site as oportunidades são atualizadas diariamente e dividem-se por administração de sistemas, design, atendimento ao cliente e muito mais.

Authentic Jobs: Companhias como Apple, Facebook, MSNBC.com, ESPN, HBP, Electronic Arts e HP, entre outras grandes organizações estão no Authentic Jobs. Lá a preocupação com fraudes é levada muito a sério e diariamente surgem novas oportunidades.

Working Nomads: Com vagas listadas por ordem de publicação, fica mais simples encontrar as mais recentes e perder menos tempo com pesquisa. As ofertas são para projetos de desenvolvimento, design, administração de sistema e marketing.

Skip the Drive: Uma calculadora é disponibilizada para ajudar a computar o tempo e dinheiro economizados em termos de deslocamento realizando um trabalho em casa, assim como o nome do site sugere. Vagas legítimas são encontradas nas áreas de tecnologia, marketing e mais.

Remote Ok: Startups contratam para tempo integral ou parcial seja estágio ou carreira específica. Salário anual médio também podem ser pesquisados além das categorias de interesse.

Workatho.me: Também reconhecido pela curadoria de vagas, o site disponibiliza oportunidades de engenheiro de software a escritor técnico.

Remote Working: Além das diversas vagas, o site encaminha gratuitamente vagas de acordo com o perfil do candidato inscrito nos fóruns de discussão dentro do site. Eles estão também no Twitter.

Já trabalha ou trabalhou home office? Gostou da experiência? Comente!

Thaís Ribeiro

Profissional de marketing com mais de 6 anos de experiência em produção de conteúdo para a internet. Especialista em gestão de mídias digitais, fortalecimento de marca e eventos.

2 comentários em “Home Office: o guia completo para quem quer trabalhar em casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>